A aceleração nos preços das roupas, dos produtos de higiene e cuidado pessoal (como cosméticos) e cerveja pesaram mais no bolso da classe C, com renda entre R$ 510 a R$ 1.275 no mês de dezembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (12) pela Fundação Getulio Vargas, com base no IPC-C1 (Índice de Preços ao Consumidor Classe 1).

A chegada do verão, com o lançamento de roupas da estação, assim como o aumento no consumo de cosméstico (bronzeadores e cremes), além da cerveja, tradicionalmente puxam a inflação nesta época do ano. Por outro lado, a alimentação, a passagem de ônibus, escola, livros, lazer e gastos com habitação tiveram decréscimo.

 

Com isso, o indicador fechou em dezembro com uma variação de 0,86%, inferior a 1,33% registrado em novembro. 

Apesar do sobe e desce nos preços, o indicador fechou o ano acima da inflação registrada no mês período de 2009. No ano passado, o IPC-C1 encerrou com variação de 7,33%, acima dos 6,58% registrados entre janeiro e dezembro de 2009.

Veja a variação de preços de cada grupo analisado pela FGV

O que subiu

Vestuário (0,75% para 1,42%)
Saúde e Cuidados Pessoais (0,26% para 0,73%)
Despesas Diversas (0,41% para 0,59%)

O que caiu

Alimentação (2,62% para 1,43%)
Transportes (0,57% para 0,13%)
Educação, Leitura e Recreação (0,34% para 0,02%)
Habitação (0,38% para 0,35%)

 

Fonte:
R7