O dólar opera em alta pelo quarto dia seguido nesta sexta-feira (14), em meio a incertezas sobre como será a política econômica no segundo mandato da presidente Dilma Rouseff. Com a alta, a cotação volta a passar a barreira dos R$ 2,60.

Por volta das 9h20, a moeda norte-americana era vendida a R$ 2,608, em alta de 0,51%. 

Na véspera, o dólar também chegou a passar de R$ 2,60 durante os negócios – pela primeira vez desde 2008 –, mas fechou um pouco abaixo, a R$ 2,5948. Apesar da alta menor, a cotação da moeda renovou a máxima desde 2005.

Nesta sexta, o Banco Central dá continuidade às intervenções diárias no mercado de câmbio, ofertando até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólar, com vencimentos em 1º de junho e 1º de setembro de 2015.

O BC também faz mais um leilão de rolagem dos swaps que vencem em 1º de dezembro, que equivalem a US$ 9,831 bilhões, com oferta de até 9 mil contratos. Até agora, a autoridade monetária já rolou cerca de 36% do lote total.
 
Fonte:
Expresso Mt