Os preços do petróleo Brent fecharam em queda nesta segunda-feira (13), chegando a cair mais de US$ 2 no intradia à mínima desde 2010, após importantes produtores do Oriente Médio sinalizarem que vão manter alta a produção mesmo se isso significar preços mais baixos.

Os preços do Brent acumulam queda de quase 25% desde o pico de junho, uma vez que a oferta ampla coincidiu com demanda fraca, levantando a possibilidade de cortes da produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

O Brent caiu US$ 1,32, a US$ 88,89 por barril, após chegar a US$ 87,74, menor nível para o primeiro contrato desde dezembro de 2010.

O petróleo dos EUA recuou US$ 0,08, a US$ 85,74 por barril, após se recuperar da mínima intradia de US$ 84,07.

 

Fonte:
G1