O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações é

Indicador calculado pela Serasa Experian mostra que o número de pedidos de falência no País subiu 25,1% em novembro em relação a outubro. No mês passado, foram registrados 164 requerimentos. Em outubro, o número havia ficado em 131. Em relação aos 148 pedidos registrados em novembro de 2010, o aumento foi de 10,8%.

 

Para os economistas da Serasa, o crescimento  verificado em novembro pode ser atribuído ao aperto monetário, mantido pelo Banco Central até agosto, e à greve dos correios, que atrapalhou o recebimento de avisos de cobranças pelas empresas. Dos 164 pedidos de novembro, 101 foram de micro e pequenas empresas, 43 de médias e 20 de grandes empresas.

 

As falências decretadas registraram em novembro o menor volume mensal de ocorrências (38) desde 2005, quando surgiu a nova Lei de Falências. Em outubro, os decretos chegaram a 40. No mesmo mês de 2010, houve 56 falências decretadas.

 

O número de recuperações judiciais requeridas em novembro foi de 45 (contra 27 em outubro e 43 em novembro de 2010). Já o número de recuperações judiciais deferidas foi de 38 (contra 27 em outubro e 36 em novembro do ano passado).

 

O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações é feito a partir do levantamento mensal dos números de falências (requeridas e decretadas) e das recuperações judiciais e extrajudiciais registradas mensalmente na base de dados da empresa, provenientes dos fóruns, varas de falências e Diários Oficiais e da Justiça dos Estados.

feito a partir do levantamento mensal dos números de falências (requeridas e decretadas) e das recuperações judiciais e extrajudiciais registradas mensalmente na base de dados da empresa, provenientes dos fóruns, varas de falências e Diários Oficiais e da Justiça dos Estados.
 
Fonte:
Diário do Grande Abc