A União Europeia (UE) chegou a um acordo sobre um plano para a recapitalização dos bancos a fim de se preparar para um default da Grécia, segundo o projeto do documento final que será divulgado ao término da reunião dos 27 em Bruxelas.

Veja mais: Parlamento alemão deve apoiar fundo europeu maior

"Há um amplo acordo para exigir uma relação de capital bastante superior, ou seja, 9% do capital de melhor qualidade" ("core Tier 1"), indica o projeto do documento do qual a AFP obteve uma cópia.

Os 27 países da UE preveem iniciar sua reunião às 18h00 (14h00 de Brasília), antes da cúpula dos 17 membros da zona do euro, que se prolongará até altas horas da noite.

"A meta de elevar a 9% os fundos próprios deve ser alcançada até 30 de junho de 2012", precisa o texto.

O documento não menciona o montante total esperado para a recapitalização dos bancos, avaliado em 108 bilhões de euros, segundo fontes europeias.

Este montante dependerá da perda que os bancos aceitarem em relação à dívida grega. A Eurozona negocia com os bancos credores da dívida grega para que aceitem uma quitação (perda) de 50% e, dessa maneira, contribuam para o plano de resgate da Grécia.

 

Fonte:
IG