São José dos Campos (SP) - A Embraer fechou contrato com a Austral Líneas Aéreas, da Argentina, para a venda de 20 jatos EMBRAER 190. O contrato será efetivado após o cumprimento de certos requisitos, o que deverá ocorrer em dois meses. O início das entregas está previsto para o primeiro semestre de 2010.

A cerimônia de assinatura do contrato foi realizada na Casa de Governo da Argentina, e contou com a presença da Presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner; da Ministra da Defesa, Nilda Garré; do Ministro de Planejamento, Julio De Vido; do Secretário de Transporte, Ricardo Jaime; do Presidente do Grupo Aerolíneas Argentinas/Austral, Julio Alak; e do Embaixador do Brasil na Argentina, Mauro Vieira. A Embraer esteve representada pelo Vice-Presidente Executivo para o Mercado de Aviação Comercial, Mauro Kern, e pelo Diretor de Contratos – Aviação Comercial, Eduardo Munhós de Campos.

“Temos muito orgulho de estrear nossos E-Jets na Argentina e de participar da renovação da frota desta companhia aérea de renome internacional”, disse Mauro Kern, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “Esperamos estabelecer um relacionamento de longo prazo com esta importante empresa aérea e apoiaremos suas operações com os modernos e confortáveis jatos EMBRAER 190.”

Os aviões serão do modelo AR (Advanced Range), de maior alcance, permitindo vôos de até 4.400 km (2.400 milhas náuticas), e serão configurados com 96 assentos, dispostos confortavelmente em duas classes. Os passageiros terão à sua disposição um sistema de entretenimento de bordo com monitores individuais.

A Austral pretende utilizar os jatos EMBRAER 190 principalmente para intensificar freqüências em rotas domésticas, com potencial para abrir novos mercados, permitindo à empresa voar rotas sem escalas dentro do território argentino, bem como destinos internacionais na América do Sul.

Em paralelo e independentemente da negociação de aeronaves para a Austral, a Embraer e o Governo da Argentina, por meio de seu Ministério da Defesa, assinaram um Memorando de Entendimento para o apoio ao desenvolvimento e à capacitação tecnológica da Área Material Córdoba (AMC) visando o fornecimento futuro de serviços e peças para aeronaves Embraer, segundo práticas de mercado e competitividade.

Perfil da Família EMBRAER 170/190 de E-Jets - A família EMBRAER 170/190 de E-Jets é composta por quatro jatos comerciais com 70 a 122 assentos, fruto de um projeto de engenharia avançado que apresenta desempenho destacado, grande economia operacional, baixo nível de emissão de poluentes e uma ampla cabine.

Os E-Jets têm velocidade de cruzeiro máxima de Mach 0,82, voam a uma altitude de até 12.497 metros (41.000 pés) e possuem alcance de 4.400 km (2.400 milhas náuticas). O alto grau de comunalidade entre as quatro aeronaves – EMBRAER 170, EMBRAER 175, EMBRAER 190 e EMBRAER 195 – resulta em excepcional redução nos custos de treinamento, manutenção e peças de reposição para os operadores. Outro destaque é o emprego da moderna tecnologia fly-by-wire, que aumenta a segurança operacional e reduz a carga de trabalho dos pilotos e o consumo de combustível.

A família de jatos EMBRAER 170/190 oferece conforto superior com o projeto da fuselagem em dupla-bolha, que inclui duas entradas principais para passageiros e duas portas de serviço, que minimizam o tempo de permanência em solo. Os E-Jets oferecem muito mais espaço ao passageiro que qualquer outra aeronave de tamanho equivalente.

Com grande aceitação, cerca de 900 pedidos firmes já foram recebidos e mais de 520 aeronaves entregues em todo o mundo. Trata-se de uma comprovada família de jatos que tem auxiliado companhias aéreas a ajustar capacidade à demanda em rotas operadas por aeronaves narrow-body com baixa taxa de ocupação, substituindo jatos regionais de 50 assentos e aeronaves antigas e ineficientes. Os E-Jets estão sendo utilizados para desenvolver novos mercados com menores custos e mais eficiência. Para mais informações, visite www.EmbraerCommercialJets.com.br

Fonte:
Portal Fator Brasil