Por ANSA Brasil | 02/03/2020

A companhia aérea Latam anunciou nesta segunda-feira (2) a suspensão de voos entre São Paulo e Milão, que partiam e chegavam do aeroporto de Guarulhos, em decorrência dos casos de coronavírus.

Em comunicado, a empresa informou que a medida foi tomada "devido a queda da demanda resultante da propagação" da doença. Ao todo, sete voos semanais para a cidade italiana estão cancelados até o dia 16 de abril.

"Estamos observando o cenário desta contingência de saúde pública mundial e a decisão da companhia é baseada, em primeiro lugar, na propagação do vírus na Itália, assim como na queda atual na demanda da rota", afirmou em nota o diretor-presidente da Latam Brasil, Jerome Cadier.

Segundo o executivo, "a companhia é consciente do problema e espera que a situação se normalize o mais brevemente possível pelo bem-estar e saúde de todos os seus passageiros e tripulantes". A empresa informou ainda que está em contato com os passageiros com passagens em voos cancelados para tentar minimizar os transtornos.

No total, a Latam oferece três alternativas: remarcação da data (sem multa ou diferença tarifária), reembolso completo ou remarcação da origem/destino (sem multa, mas sujeito a pagamento da diferença da tarifa).

Além disso, a companhia garante que os passageiros que estão em Milão terão o retorno garantido em outros voos da Latam ou de empresas aéreas parceiras.