Luta contra a máfia dos turnos: São Paulo, resultados positivos para a renovação de passaporte via Whatsapp

12 DE DEZEMBRO DE 2018

Os compatriotas começam a gostar da mudança. Um sistema que contrasta a “máfia dos turnos”. Com o Subsecretário Ricardo Merlo na Farnesina, hoje existe uma política para os italianos no exterior que reporta ao governo central. Há alguns dias, falamos sobre a iniciativa do Consulado Italiano de São Paulo de marcar os agendamentos para a renovação mediante uma chamada de vídeo pelo Whatsapp. Nos dias seguintes, colhemos diversas opiniões, muitos compatriotas ficaram entusiasmados com a iniciativa, mas muitos outros continuaram céticos. Enquanto isso, a notícia correu pela internet e mídias sociais, e estão chegando inúmeros pedidos de italianos e ítalo-brasileiros naquela circunscrição consular. Pessoas que finalmente começaram a usar o serviço e a verificar por si só como as coisas melhoraram muito.

Os compatriotas começam a gostar da mudança. Confira a seguir alguns testemunhos que recebemos mediante várias mídias sociais.

Antigamente estávamos acostumados a ouvir sobre serviços consulares de má qualidade, se não existentes, e de funcionários pouco atentos ao próprio trabalho e, às vezes, até mal educados. Evidentemente, as coisas estão mudando porque hoje existe uma política para os italianos no exterior que reporta ao governo central.

Em São Paulo uma ideia tão simples quanto genial, sem custo, está demonstrando que funciona muito bem. E, com certeza não é uma coincidência o fato que o Subsecretário de Relações Exteriores, Sen. Ricardo Merlo, tenha recentemente concluído uma missão importante no Brasil, à qual também participou Luigi Vignali, Diretor geral para os italianos no exterior na Farnesina.

O sistema que em via experimental está sendo usado em São Paulo confere, sem dúvida, também a possibilidade de contrastar com a “máfia dos turnos”, como é chamada em certos Países da América do Sul, composta por pessoas que através de hackers na web conseguem procurar agendamentos online para depois revende-los a um preço maior. Verdadeiras organizações que lucram com as dificuldades dos compatriotas. O Subsecretário Merlo falou sobre isso várias vezes também recentemente. Agora obter um agendamento para renovar o passaporte ficou muito mais fácil e rápido, é suficiente uma chamada de vídeo pelo Whatsapp e não existe mais nenhuma necessidade de hacker professionais. Agora os compatriotas fazem sozinhos. Se este tipo de sistema continuar tendo resultados positivos, também poderia ser aplicado em outras circunscrições consulares. Por que não? Quem sabe.