Brazil Beauty News

Rede italiana de salões de beleza Philip Martin’s planeja 20 unidades no Brasil até 2022

Com duas lojas abertas no país, a marca trabalha exclusivamente com produtos orgânicos de fabricação própria, apostando em um estilo de vida mais natural.

Com clientes fiéis como o estilista Valentino Garavani e a duquesa Kate Middleton, a rede de salões de beleza 100% orgânicos Philip Martin’s foi fundada na Itália há pouco mais de 10 anos e já está presente em 26 países, incluindo o Brasil. Por aqui, a marca chegou em 2015. A primeira loja foi inaugurada em Curitiba e a segunda, no começo deste ano, na cidade de Campinas.

Escolhemos o Brasil pelo potencial de consumo e também por não haver aqui nenhuma oferta completamente orgânica. A escolha pelas cidades se deu em virtude de Curitiba e Campinas serem consideradas mercados testes para o lançamento de novas alternativas no mercado brasileiro, tendo em vista o elevado grau de exigência de seus consumidores em qualidade e desempenho, além da busca pelo melhor custo-benefício”, afirma José Neuro Turcatto, gestor da marca no Brasil e proprietário das duas unidades.

Ele afirma que o conceito do salão é diferente dos demais conhecidos no país. Chamado de “spa dos cabelos”, oferece um ambiente de tranquilidade e relaxamento. Não há grande rotatividade de clientes, nem poluição sonora – os secadores são utilizados em uma sala isolada para reter os ruídos. As poltronas do lavatório são massageadoras e os clientes ganham limpeza de pele facial, esfoliação nas mãos e massagem com pedras quentes na cabeça.

A rede trabalha exclusivamente com produtos de fabricação própria, todos desenvolvidos na cidade italiana de Vicenza com ingredientes de origem natural e orgânica, como água de coco, aloe vera, cana de açúcar e cacau, além de químicos não tóxicos. Ao todo, são cerca de 190 itens, entre produtos para os cabelos e a pele. Uma linha de maquiagem foi lançada recentemente, mas ainda não está disponível no Brasil.

Além de atrair pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável, a rede também oferece soluções para quem não pode utilizar químicos tradicionais, como grávidas, crianças, pessoas em tratamentos de câncer ou alérgicos. Os clientes também podem comprar os produtos, que estão disponíveis apenas nos salões Philip Martin’s, e seguir em casa o ritual orgânico de beleza. “Com o aumento da preocupação da população com a saúde, a busca pelo orgânico aumentou, e cada vez mais a demanda por esse tipo de produto vai crescer”, aposta Turcatto.

No menu de serviços, criado pela equipe do centro técnico de Milão, estão consultoria de imagem, corte, coloração e tratamentos capilares, o carro-chefe da rede no país. De acordo com o gestor, cerca de 80% das brasileiras estão com os cabelos danificados, muito por conta de processos químicos agressivos. “Existem vários hábitos e costumes por aqui que em outros países não são tão comuns, como a escova progressiva e a chapinha. Não trabalhamos com essas técnicas, pois são contrárias à nossa filosofia”.

Turcatto revela que o plano de expansão da rede prevê 20 lojas no Brasil até 2022. “Nossa expectativa de crescimento é bastante agressiva e todas as localidades já foram selecionadas para receber o nosso conceito”. As capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza e Goiânia, além das cidades de Balneário Camboriú e Joinville, em Santa Catarina, e Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, são algumas das confirmadas.

A Philip Martin’s atua com lojas próprias (36) e concessionárias (230), um modelo de negócio no qual o uso da marca é concedido com exclusividade territorial, sem royalties, taxas ou partilhamento de lucro. “Cada concessionária é dona do seu próprio negócio”, explica o gestor no Brasil. Para abrir uma unidade, o investimento pode variar entre € 70 mil e € 200 mil, dependendo do tamanho e formato do projeto.

Renata Martins

Fonte: http://www.brazilbeautynews.com/rede-italiana-de-saloes-de-beleza-philip-martin-s,2489