Paolo Gentiloni falou do aumento das exportações no setor

18 ABRIL, 16:03•MILÃO•ZAR
(ANSA) - Daqui a um ano, exatamente no primeiro dia da 56ª edição do Salão do Móvel de Milão, acontecerá o Dia Internacional do "Italian Design", onde todo o planeta celebrará as maravilhas e inovações do design italiano.
 
O anúncio foi realizado pelo ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentiloni, durante sua visita à maior feira de móveis do mundo. "Para um chanceler, o Salão del Móveis é uma grande cartada.
 
Trata-se de um grande ativo para o país não só no plano econômico e como instrumento formidável para a exportação, mas para a imagem do país como um todo", disse Gentiloni.
 
O ministro também recordou que o setor de mobiliário gera um lucro de cerca de 13 bilhões de euros e que a procura por produtos italianos está crescendo para além dos mercados europeus e dos Estados Unidos.
 
Exemplos disso são o Irã, "que começa a ser um mercado interessante", a China, onde a exportação italiana nessa área cresceu 20%, e também Xangai, onde 50 empresas empresas italianas darão vida no dia 19 de novembro à primeira edição chinesa do Salão do Móvel.
 
"A cultura e o design são importantes para a Itália e para o mundo. Em grande parte do planeta há uma classe média que está saindo da pobreza e olha para o design italiano como algo para se desejar", explicou o ministro. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. 2013 © COPYRIGHT ANSA