Chamber Mentoring for International Growth

A Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de São Paulo (ITALCAM/ CCIE-SP), em parceria com a Associação das Câmaras de Comércio Italianas no Exterior (ASSOCAMESTERO) e com as Câmaras de Comércio de Cuneo (CCIAA Cuneo), Milão (CCIAA Milano), Treviso (CCIAA Treviso) e Verona (CCIAA Verona), realizam o projeto “Mentoring in Brasile”, cofinanciado pela União das Câmaras de Comércio Italianas (UNIONCAMERE).

A iniciativa é voltada a criar e ativar uma network de dirigentes e pesquisadores “itálicos”, denominados Mentors, que se encontram fora da Itália – de origem italiana e/ou que se sintam próximos à Itália por interesse. Tais Mentors, que por viverem e trabalharem no exterior, se colocam à disposição das empresas italianas, denominadas Mentees – a título completamente gratuito – a própria expertise graças a uma ação sinérgica e combinada com o apoio das Câmaras parceiras.

Desta forma, o projeto tem o intuito de promover o “talento italiano no exterior”, para criar um grupo com empresas italianas e estimular o seu processo de inovação e internacionalização. Esse relacionamento poderá se consolidar e se rejuvenescer com a inclusão de novas visões vindas de empresas inovadoras, bem representadas pelas Pequenas e Médias Empresas (PME) e que fazem referência ao sistema de câmaras italianas envolvidas no projeto.

Setores

Em relação ao mercado brasileiro e ao de São Paulo, em particular, não obstante os anos de crise mundial e local, foi possível identificar setores ligados especialmente às atividades do meio ambiente, das máquinas agrícolas e da agroindústria, classificados como os mais competitivos globalmente em termos de geração de valor.

Mentor

Em relação às fases do projeto, os Mentors inscritos, após uma divulgação realizada por meio da ITALCAM, foram identificados entre dirigentes e empreendedores ligados à Itália por motivos de origem, estudo, trabalho ou interesse, com domínio do idioma italiano, e que desempenham atualmente uma posição de destaque estratégico na empresa em que atuam – também de grande porte – e Universidades no exterior. Desta forma, o mentor lidará com um novo desafio se interessando por PME.

Eis os Mentors selecionados para esta Edição:

Formulário de Adesão

O Formulário deve ser preenchido, assinado e encaminhado até 15/03/2017 para o email eduardo.morelli@italcam.com.br.

Durante o projeto, o mentor irá dedicar ao Mentee, como já mencionado voluntariamente, certo número de horas de seu tempo para aconselhar e compartilhar a própria experiência no Brasil e no setor em que atua, na expectativa de se tornar uma espécie de “conselheiro” sobre políticas de acesso ao mercado.

Quais são os benefícios para um mentor?

  • Acesso a uma rede internacional e italiana de profissionais especializados no setor ao qual pertence, beneficiando o intercâmbio das melhores práticas gerenciais;
  • Qualificar sua experiência profissional, melhorando a capacidade de assistência nos negócios internacionais, com o envolvimento interno em um caso de estudo real;
  • Obter visibilidade entre a comunidade empreendedora italiana como um profissional qualificado no setor;
  • Contribuir para o crescimento de uma cultura empreendedora internacional e para o mundo das pesquisas dentro da comunidade empresarial italiana;
  • Compartilhar os méritos do sucesso internacional das empresas do local de origem.

Quais requisitos são necessários para se tornar um “mentor”

  • Ter raízes italianas, ou curso de estudos frequentado na Itália, ou trabalho que leve ao contato com a Itália, ou conhecimento/interesse aprofundado pelo mercado italiano;
  • Pelo menos 10 anos de experiência de trabalho e 3 anos de contínua experiência em empresa internacional em um setor compatível com aqueles dos mentees;
  • Conhecimento, mesmo que básico, da Itália;
  • Disponibilidade para fornecer sua experiência a título gratuito;
  • Disponibilidade de entrar na rede @chambermentoring (“social community” nascida do projeto e que – em prospectiva – poderia garantir a continuidade da iniciativa sob o perfil do recrutamento dos participantes);
  • Desempenhar um cargo gerencial (principalmente nas áreas de: vendas e desenvolvimento de negócios; compras, desenvolvimento de produto; pesquisa e desenvolvimento) ou um cargo de destaque no campo de um instituto de pesquisa ou de uma universidade.

Mentees

“Mentees”, por sua vez, serão empreendedores ou dirigentes de empresas italianas interessados em desenvolver o próprio negócio no mercado brasileiro. Por meio desta intervenção, tais “mentees” poderão compreender melhor sobre como se aproximar deste mercado e/ou setor de atividade, fora dos clássicos canais de consultoria.

Quais requisitos são necessários para se tornar um mentee:

Deverão ser profissionais que satisfação todos os seguintes requisitos:

  • Administrador responsável ou que exerça um cargo importante de gestão dentro de uma empresa;
  • Fundador de uma start-up inovadora situada na Itália;
  • Pertencer a uma empresa potencialmente exportadora (segundo os critérios identificados pela UNIONCAMERE).

É preferível que a empresa candidata atue em mercados internacionais ou tenha um plano de trabalho a nível internacional a ser efetuado em curto prazo.

O candidato precisa ter uma ideia geral bem definida dos temas a serem compartilhados e discutidos com o mentor. Objetivos específicos podem ser definidos no início do relacionamento.

O candidato deve falar inglês e/ou o idioma do país de destinação. A empresa deve ter website ou material de marketing em língua italiana.

Recrutamento e Seleção

A ação de recrutamento e de animação da network dos mentors será realizada pela ITALCAM, também em colaboração com agentes da promoção italiana no mundo, com o objetivo de selecionar os participantes mais aptos e disponíveis para essa função entre os empreendedores/dirigentes presentes no país, excluindo empresas de consultoria e seus profissionais.

Paralelamente, na Itália, após uma ação capilar de promoção do projeto, organizada pelas Câmaras Italianas parceiras, serão identificadas as empresas mentees que formarão o grupo que administrará o programa de “mentorship”, segundo uma adequação de demanda/oferta, que se realizará partindo dos setores de interesse prioritário (em contínuo contato com a ITALCAM).

Será dada prioridade às empresas inovadoras e àquelas de alto potencial sobre o perfil da capacidade de iniciar uma atividade no exterior, ou seja, empresas que podem se beneficiar mais do que outras com essa ação de “mentoring”.

Após a seleção dos candidatos, no momento da aplicação do programa mentoring, o mentee terá pleno acesso aos perfis dos mentors selecionados.

A ITALCAM preparará uma relação de suas atividades que tenham sinergia com o projeto, além de uma descrição socioeconômica do Brasil, a serem anexadas ao perfil do mentor, de modo que na sua descrição, a empresa interessada no processo de mentoring tenha a possibilidade de avaliar todos os potenciais do projeto e faça uma escolha o mais coerente possível com os seus objetivos de internacionalização.

O relacionamento “mentor - mentee”, presente no banco de dados geral criado, será elaborado pelo Comitê do Projeto (do qual fazem parte Unioncamere e Assocamerestero), levando em consideração as preferências de ambos os mentor e mentee.

Os candidatos selecionados receberão o comunicado de aprovação com as condições de participação e a data de um primeiro encontro de familiarização para a participação.

Mentorship

O primeiro contato entre mentor e mentee poderá ocorrer pessoal ou telematicamente (conference call, chamada via Skype, videoconferência, social networking, etc.) e/ou no âmbito de missões econômico-comerciais já previstas no calendário de atividades da ITALCAM.

O objetivo da sessão de preparação é:

  • apresentar o cronograma e os objetivos das sessões de mentoring;
  • apresentar a metodologia do projeto;
  • homogeneizar as práticas de mentorship entre os diversos mentors selecionados;
  • criar uma ocasião de pertença e compartilhamento geral dos objetivos.

Ambas as partes não poderão se vincular com relações de negócio direto durante os seis meses do programa, assegurando assim a ausência de conflito de interesses no relacionamento em curso.

As horas de mentorship para mentor e mentee são cerca de 30 horas no arco de seis meses, prevendo ligações via skype ou outros sistemas de videoconferência, e pelo menos 1 (um) encontro na Itália (frequência e modalidade dos contatos poderão ser concordados entre as partes com o suporte da ITALCAM, que poderá, quando solicitado, facilitá-los oferecendo a própria sede e os próprios instrumentos de reuniões virtuais).

O percurso de mentoring, uma vez formado o comitê do Projeto, será apresentado em detalhe e aprovado pelos seus membros, especialmente ASSOCAMERESTERO e UNIONCAMERE que poderá ajudar com a experiência que possuem em projetos anteriores.

Projeto realizado com cofinanciamento do Fundo Intercameral de Intervenção da Unioncamere

Realização

Parceiros

Para mais informações

Tel. +55 11 3123 2787

Endereço

Av. São Luiz, nº 50 – 16º andar, Cj. 161 ABC
01046-926, São Paulo